Instruções do Exame

2,5 Hexanodiona Urinária ( Final de Jornada)

Instruções para paciente

O n-hexano é um líquido incolor, volátil, com odor fraco, sendo um de vários hidrocarbonetos com ponto de ebulição baixo. Tem diversos usos comerciais sendo constituintes de solventes, colas, adesivos, na indústria de borracha e extração de óleos vegetais. Na indústria do petróleo, é largamente utilizado com solvente. Volátil e lipossolúvel, o n-hexano é absorvido pela via respiratória e através da pele. Na corrente sanguínea o n-hexano é distribuído tendo afinidade pelo sistema nervoso rico em gorduras. É biotransformado no fígado, sendo oxidado a 2,5-hexanodiona, que é eliminada na urina. A exposição crônica pode causar degeneração das fibras nervosas, inumescência dos axônios e desmielinização. Como consequências surgem deficiência motora e efeitos no sistema nervoso central.

O tabaco pode aumentar na urina até oito vezes a quantidade de ATTM excretado quando comparada com a de indivíduos não-fumantes. Principais fontes de exposição ocupacional ao benzeno: siderurgias, indústrias petroquímicas, indústrias químicas, laboratórios de análise química, postos de combustíveis.