Instruções do Exame

-------------------------------------------------------------------

Instruções para paciente

O ácido mandélico é um indicador biológico da exposição ocupacional ao estireno e ao etil-benzeno, correlacionando-se melhor com os níveis de exposição ao solvente. O estireno, também denominado feniletileno, é um líquido viscoso, incolor a temperatura ambiente, apresentando moderada volatilidade. É utilizado na produção de polímeros plásticos, resinas, borracha sintética, na fabricação de produtos de fibra de vidro e sínteses orgânicas. O estireno pode ser absorvido pelas vias pulmonar e cutânea sendo biotransformado no fígado, originando os ácidos mandélicos e feniglioxílico, principais metabólitos urinários do solvente e que são empregados como indicadores biológicos para a monitorização da exposição ao solvente.